O movimento neste feriado de Natal deve aumentar quase 10% no
corredor oeste da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), entre as
cidades de Bauru e Castilho, na divisa com o estado de Mato
Grosso do Sul. Nos três dias do feriado, a Concessionária
ViaRondon espera um fluxo de 215 mil veículos em todo o trecho.
Os dias de maior tráfego deverão ser a sexta-feira (23) e o
sábado (24).


Com o apoio da equipe de operações e com o objetivo de oferecer
maior segurança aos usuários, a empresa que administra a estrada
exibirá mensagens educativas e de segurança em seus painéis
fixos. Além disso, serão entregues panfletos orientando os
motoristas para que não abusem da velocidade, e também para que
não dirijam após consumir bebida alcoólica.
A ViaRondon também está alertando aos usuários quanto as fortes
chuvas previstas para este mês de janeiro no interior do Estado.
Em caso de filas nas praças de pedágio, será realizada a Operação
“Papa-Fila”, onde o agente vende o ticket antes (na fila) para o
motorista e ele passa direto pela cabine.
A concessionária conta atualmente com uma equipe de profissionais
capacitados, além de uma frota composta por nove ambulâncias, UTI
móvel, oito veículos de inspeção de tráfego, sete guinchos leves,
dois pesados, um caminhão de apreensão de animais e um
caminhão-pipa. Todos os serviços podem ser acionados através do
telefone 0800- 72 99 300 (discagem gratuita).
É importante o motorista atentar sobre a necessidade de fazer a
revisão do veículo antes de viajar e respeitar os limites de
velocidade da pista. Para os que trafegam pela SP-300, existem
dez postos de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), onde é
possível descansar, beber água ou tomar café, utilizar o
sanitário e obter informações sobre a rodovia.

Movimento na BR-153
No trecho paulista da Rodovia Transbrasiliana (BR-153),
administrado pelo mesmo grupo (BRVias) que cuida da Rondon, o
movimento não deve aumentar. Nos três dias de feriado a
concessionária espera receber 98 mil veículos em todo o trecho
que vai de Icém (divisa com Minas Gerais) à Ourinhos (divisa com
o Paraná). O dia de maior tráfego também deverá ser sexta-feira
(23).
O tráfego da rodovia é monitorado pelas equipes de inspeção de
tráfego e também pelo Centro de Controle Operacional (CCO), que
fica em Lins. São 109 câmeras espalhadas ao longo da rodovia.
A estrada conta com 250 profissionais capacitados, além de uma
frota composta por 25 veículos.
O telefone de emergência é 0800 72 30 153.

FONTE: CORREIO DE LINS