Uma travesti suspeita de agredir a facadas o ex-jogador Warley Santos foi detida pela Polícia Civil nesta segunda-feira (30), em João Pessoa. O vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento em que o ex-jogador da Seleção Brasileira caminha pelo bairro de Manaíra, é seguido e depois a pessoa suspeita aparece correndo. O delegado Diego Garcia confirmou que foi detida uma travesti, levada para prestar depoimento na Central de Polícia.

Conforme a Polícia Civil, Victor Coelho, 26 anos, foi encontrado em Cabedelo, na Grande João Pessoa, após o celular de Warley ter sido subtraído e localizado com parentes da suspeita. Victor afirmou à TV Cabo Branco que trabalha à noite como travesti e garoto de programa.

Victor disse que tinha combinado um “serviço” com Warley por R$ 80. Ele confirmou que houve uma briga com Warley, mas nega ter desferido as facadas e nega que houve um assalto.A Polícia Civil explicou que vai investigar as duas versões do crime. “Há uma versão ainda conflitante e a partir da oitiva de ambas as partes veremos o melhor caminho da investigação”, afirma o delegado Diego Garcia.

Warley segue internado

Warley Santos, ex-jogador da seleção brasileira, São Paulo, Palmeiras e Grêmio, segue internado no hospital particular Nossa Senhora das Neves (HNSN) e recebeu alta médica da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no domingo (28). O ex-atleta reagiu bem após nova cirurgia nos pulmões, na tarde do sábado (27).

Ainda de acordo com o último boletim médico, o ex-jogador encontra-se em um quadro estável, consciente e responde bem ao tratamento. “Warley Santos segue aos cuidados da equipe médica e assistencial, e como parte do processo de recuperação faz sessões de fisioterapia”, afirma o hospital em nota.

Vídeos mostram crime e socorro a Warley

Nas imagens divulgadas nesta segunda-feira, Warley caminha em uma rua pelo bairro de Manaíra. Logo em seguida, o suspeito passa correndo atrás dele. O caso acontece no cruzamento da rua Umbuzeiro com avenida São Gonçalo. O vídeo mostra ainda o suspeito lavando as mãos, após supostamente desferir os golpes de faca na vítima, e o carro de Warley indo embora do local.

Em outro vídeo de uma câmera de segurança divulgado pela polícia, pouco depois do crime Warley para o carro em frente a um edifício residencial e caminha lentamente para pedir ajuda. A gravação mostra o ex-jogador descendo do carro com algo na mão e caminha até a portaria do edifício.No prédio mora Cláudio Santos, amigo do diretor do Botafogo-PB, que ajudou no socorro e o levou para o Hospital de Trauma. Warley chega de carro ao prédio onde mora o amigo, às 3h46, e desce até a portaria. Dez minutos depois, ele sai do prédio em outro carro, sendo levado para o Hospital de Emergência e Trauma. Warley foi encaminhado imediatamente para o bloco cirúrgico, onde passou por uma primeira cirurgia. No mesmo dia, ele foi transferido para um hospital particular.

Ex-jogador agradece apoio

Em vídeo divulgado pelo Botafogo-PB na segunda-feira, Warley agradece aos fãs e amigos pelo apoio durante a recuperação dele. “Queria agradecer o carinho, todas as mensagens recebidas. Com certeza fortalece muito minha recuperação. Não sabia que eu era tão querido assim por vocês”, diz.

Perícia no carro de Warley

Uma perícia foi realizada no carro do ex-jogador na tarde desta sexta-feira (26). Segundo a perita Roberta Meira, foram encontrados vestígios de sangue nos bancos dianteiro e traseiro do carro, além de fios de cabelo no banco traseiro. Também foi feito um levantamento de vestígios de pele do suspeito. O material vai ser levado para o laboratório e, com os resultados, vai ser elaborado o laudo.

 Fonte e foto: G1