A Polícia Civil vai investigar o caso de uma recém-nascida que levou 25 pontos após ter a cabeça cortada por um bisturi durante o parto na Santa Casa de Araçatuba-SP (80km de Promissão). A família registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal.

Conforme o registro policial, a mãe deu entrada no hospital depois de perder muito líquido amniótico. A equipe médica decidiu fazer uma cesariana. O caso aconteceu em 27 de agosto, mas somente na sexta-feira (19) foi apresentado à polícia.

Quando a criança foi retirada, o pai reparou que havia um corte no lado direito da cabeça da filha. Ainda de acordo com o B.O., o corte teria sido provocado pelo bisturi usado para cortar a barriga da mãe.

A criança foi encaminhada para a cirurgiã da pediatria, que fez uma sutura com 25 pontos na cabeça da menina. Ela ficou internada por seis dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até receber alta.

A família fez uma reclamação na ouvidoria da Santa Casa, que ainda não se posicionou sobre o assunto.

Por telefone, os pais da menina disseram à TV TEM que ainda estão abalados com o ocorrido, mas que ela está bem de saúde. A família foi orientada pela polícia sobre o prazo de seis meses para fazer uma representação criminal. Fonte: G1