A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (11) a “Operação Mortalha”, que combate o contrabando. Cerca de 100 policiais participam da ação. De acordo com a delegada da PF em Bauru, Karen Dunder, são cumpridos quase 50 mandados de busca, prisão e condução coercitiva – quando a pessoa é levada para prestar depoimento – nas cidades de Bauru, Lins, Ourinhos, Promissão, Arealva (SP), Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu (PR).
Estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão preventiva, oito de condução coercitiva e 23 mandados de busca e apreensão. Na primeira fase da operação, 16 pessoas foram presas e 700 mil maços de cigarro foram apreendidos, além de veículos e rádios comunicadores.
Segundo a PF, a quadrilha foi investigada na operação por aproximadamente cinco meses e movimentou milhões de reais, principalmente no contrabando de cigarros.
Foi constatado o envolvimento de 20 suspeitos que foram responsáveis pelo fornecimento, aquisição, transporte, guarda e distribuição dos cigarros contrabandeados.

Fonte: G1