A Polícia Civil de Lins, através de trabalho conjunto de policiais da DIG – Delegacia de Investigações Gerais de Lins, recuperou na última semana mais 14 celulares objetos de furto, roubo e perda/extravio, que já foram devolvidos às vítimas.

Dentre os aparelhos recuperados estava um relacionado à boletim de ocorrência de perda/extravio e a Polícia Civil deixa um novo alerta: Realmente, achado não é roubado, mas não devolver o objeto encontrado é crime de qualquer maneira. Este crime chama-se “apropriação de coisa achada”, cuja pena é de detenção de um mês a um ano ou multa, de acordo com o art. 169 do Código Penal.

A orientação da Polícia Civil é de que ao encontrar objeto alheio perdido e não conhecendo o proprietário, deve-se entrega-lo à autoridade judiciária ou policial competente no prazo de 15 (quinze) dias.

A imagem pode conter: telefoneA imagem pode conter: telefoneA imagem pode conter: telefoneA imagem pode conter: telefoneA imagem pode conter: telefoneA imagem pode conter: telefone

Polícia Civil