Um policial militar do 15º Batalhão (Duque de Caxias) foi morto por bandidos na madrugada desta quinta-feira (7). De acordo com testemunhas, Douglas Fontes estava passando pela Avenida Rio Branco, em Gramacho, com a namorada quando ele foi cercado por cinco criminosos armados que queriam levar o carro.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, horas depois, a mãe dele, Maria José Fontes, de 56 anos, passou mal ao reconhecer o corpo do filho e morreu na UPA de Sarapuí, no mesmo município. Segundo informações da unidade hospitalar, Maria José sofreu um infarto e não resistiu, morrendo antes de chegar à unidade.

No Dia das Mães, como mostrou o RJTV, Maria José usou as redes sociais para se declarar pelos filhos. “São o bem mais precioso que possuo. Por isso, Pai, eu te peço: cuide deles para mim”.

De acordo com a polícia, Douglas foi morto depois que os criminosos descobriram que ele era policial. O PM foi obrigado a deitar no chão e foi executado. A namorada nada sofreu.

Ele estava na PM há 12 anos. Era divorciado e deixa dois filhos, um de 8 e uma de 5.

Douglas é o 54º policial morto no Estado do Rio de Janeiro em 2018. Na terça-feira (5), o subtenente da PM Edemilson de Oliveira, de 60 anos, foi morto em uma tentativa de assalto.

Fonte e foto: G1