A explosão que deixou oito feridos em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, na manhã desta segunda-feira (19) causou a interdição de 49 imóveis até as 13h50. Doze dos imóveis apresentavam risco estrutural, segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro. Quatorze imóveis foram totalmente destruídos, entre eles a pizzaria onde, segundo moradores, teria sido a explosão. Dos feridos, apenas dois seguiam internados: uma menina de 9 anos e um idoso de 84.
Segundo funcionários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social que prestam atendimento no local do acidente, 36 pessoas haviam sido atendidas até as 13h30. Uma pessoa foi levada para um abrigo da prefeitura.

Às 12h30, ainda de acordo com o secretário-executivo do governo municipal, Pedro Paulo Teixeira, sete caminhões de escombros já tinham sido retirados pela Comlurb.
Explosão
Entre os imóveis afetados estão dois restaurantes e uma farmácia. Bombeiros e moradores suspeitam de vazamento de gás — a pizzaria que foi destruída pela explosão estocava cilindros de gás, segundo testemunhas.
Também às 12h30, duas pessoas permaneciam internadas: uma criança de 9 anos e um idoso de 84 anos. Ambos estavam em observação no Hospital Souza Aguiar, no Centro.
Desespero
Imagens mostraram o momento em que feridos eram resgatados dos escombros. Valdecir Galdino estava com a esposa e filha dentro de casa no momento da explosão. Ele foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros com a roupa que estava dormindo.
“Explodiu um negócio lá pra trás, um gás explodiu lá. Aí começou a cair as coisas.
Tem minha esposa e minha filha lá debaixo. Tão falando, tão falando, tão tirando”, contou ele, dentro da ambulância em que foi socorrido.

Fonte: G1