A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, informa à população linense que foi realizada uma análise de distribuição de vagas e comparecimento dos usuários da Rede Básica do Sistema Único de Saúde (Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família) que são encaminhados ao Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Promissão.

Foram avaliadas a quantidade de vagas oferecidas entre os meses de Janeiro (2014) e Junho (2015), os agendamentos, os comparecimentos e a ausência dos usuários linenses.

O número de vagas de Consultas Médicas Especializadas e Exames Complementares foram calculados de acordo com o parâmetro populacional entre outros índices, para o melhor atendimento do usuário com relação ao diagnóstico, tratamento e pronto estabelecimento.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, responsável pela avaliação, o número de ausências, ou seja, usuários que realizaram o agendamento e não comparecem ou não se justificam, é expressivo e pode causar transtornos à população.

O total de ausência considerado dentro do limite aceitável é de até 15% do total dos pacientes agendados. Lins, entre o período citado, soma ausência em torno de 24%, chegando a valores mais altos em algumas especialidades.

Caso continue ocorrendo esse grande número de ausências, a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo pode gerar a diminuição de vagas para o município de Lins e conseqüentemente a diminuição da verba destinada para o atendimento da população.

FONTE: CODEC