A Secretaria Municipal de Saúde, através da Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Vetores informam que até o presente momento temos 82 (oitenta e duas) notificações,20 (vinte casos positivos),sendo 2( dois) importados de Cuiabá , 50(cinquenta) casos negativos e 12 (doze) aguardam resultados.
No município de Lins, continuamos na fase inicial da doença e por este motivo reforçamos a importância da população neste processo,auxiliando na eliminação dos criadouros, de focos de larvas e combate ao mosquito Aedes Aegypti, tendo em vista o alto volume de chuvas que ocorre no mês de janeiro. Assim estaremos evitando doenças como Dengue, Chikungunya e o Vírus Zika, que também são transmitidos pelo mosquito Aedes Aegypti.
Os números de dengue confirmados em Lins mostram que devemos reforçar o alerta de que é fundamental ficarmos atentos aos cuidados preventivos contra o mosquito transmissor da doença, bem como aos sinais e sintomas da doença (febre e mais dois dos seguintes sintomas: dor no fundo dos olhos, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, vômito, diarréia, manchas avermelhadas na pele) e neste caso, procurar a Unidade de Saúde mais próxima, a fim de que possa ser realizar diagnóstico precoce e tratamento oportuno, possibilitando a agilização e qualidade do atendimento e as ações de controle na tentativa de evitar o surgimento de novos casos das respectivas doenças: DENGUE,CHIKUNGUNYA e ZIKA VÍRUS.
Eliminar o mosquito da dengue também é responsabilidade de todos:Não facilitemos.
Rosângela Badine Pizzighini Drª. Mariana Batelochi S. Rozeno
Enfermeira Interlocutora – Dengue Diretora da Vigilância Epidemiológica
SESA – Lins SESA – Lins
Colocamos-nos a disposição para qualquer dúvida que possa ocorrer.
DVE: 14-35334283
Sra. Claudia Regina Nunes
Secretária Municipal de Saúde
SESA-Lins