Contra rompimento, PMDB sinaliza apoio a PSDB em 2018 e no Senado

No corpo a corpo do governo para desmobilizar o desembarque tucano, interlocutores de Michel Temer sinalizam ao PSDB com duas cartas, principalmente: apoio para candidatura tucana na eleição de 2018 e no conselho de Ética do Senado para salvar o mandato de Aécio Neves, em um eventual processo.

Nesta segunda-feira, o PSDB se reúne para discutir o rompimento com o governo, mas deve adiar a decisão.

O PSDB tem, hoje, dois principais pré-candidatos à Presidência: o governador Geraldo Alckmin e o prefeito de São Paulo, João Doria.

Temer procurou Alckmin há duas semanas para pedir ao governador que desmobilizasse a debandada do PSDB de São Paulo. Alckmin tem trabalhado neste sentido.

No caso do conselho de ética, o Planalto sinaliza à ala tucana ligada a Aecio Neves que, em troca de apoio, pode trabalhar contra a cassação do mandato do senador, gravado em delação da JBS e denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Aécio foi denunciado ao STF por corrupção passiva e obstrução de Justiça.

Mas, para manter o PSDB no governo, Temer sinaliza aos tucanos que trabalhará para evitar a cassação de Aécio.

Um dos principais interlocutores de Temer no Senado é Romero Jucá, líder do governo no Senado – que também é presidente do PMDB.

O presidente do conselho de ética é do PMDB – o senador João Alberto, aliado de Jucá, Temer e José Sarney.

Alberto já tem sinalizado a senadores que pode protelar o processo de cassação de Aecio.

Fonte e Foto: G1

Related Posts

Brasil

Vereador é condenado após espancar a ex, arrastá-la pela escada e fazê-la comer terra em SP

Brasil

Renan anuncia que deixa liderança do PMDB no Senado Ex-presidente do Congresso, Renan passou a ocupar o posto no início deste ano

Brasil

Reforma trabalhista: comissão do Senado rejeita parecer favorável ao texto

Brasil

Temer move ações na Justiça contra Joesley por calúnia, injúria e difamação

Brasil

Julgamento da chapa Dilma-Temer deve reduzir ritmo do Congresso na semana

Brasil

Defesa pede ao STF que Temer seja interrogado só após conclusão de perícia

Brasil

‘Não cabe ao TSE resolver crise política’, diz Gilmar Mendes

Mundo

Temer defende ‘solução pacífica’ com ‘eleições livres’ na Venezuela

Brasil

Temer diz que reforma da Previdência ‘não vai tirar direito de ninguém

Brasil

‘Fatos eventualmente criticáveis não podem superar os positivos’, diz Temer