A ocorrência de colisão frontal foi registrada domingo (18), por
volta das 6h, no km 223 + 700 metros da Rodovia Transbrasiliana
(BR-153), município de Marília. Na ocasião o professor Igor
Gonzaga de Oliveira, de 41 anos, acabou saindo vítima fatal no
acidente.


De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, a
colisão do automóvel VW Gol de cor prata (com placas de Lins)
dirigido por Igor contra um caminhão foi violenta. A carreta
Volvo semi-reboque, com placas do Rio Grande do Sul e carregada
de frangos, conduzida por Odilson Cruz, de 53 anos (morador de
Monte Negro/RS), trafegava normalmente em sua mão de direção. O
condutor do carro teria perdido o controle de direção e invadido
a pista contrária, batendo frontalmente contra o Volvo.
O professor de Lins morreu no local do acidente.
O jornal Diário de Marília publicou ontem, em seu site, que o
caminhoneiro foi submetido ao ‘teste do bafômetro’ e não foi
constatada embriaguês. Ainda segundo o jornal, “policiais
rodoviários analisam a possibilidade de Oliveira ter dormido ao
volante”.
A ocorrência foi atendida pelos patrulheiros da Base Operacional
de Marília. A perícia técnica da Polícia Civil também compareceu
ao local. O caso está sendo investigado pelo 1º DP de Marília.

Comoção
Igor Gonzaga lecionava na Etec Antonio Devisate, na cidade de
Marília. Era graduado em Tecnologia em Processamento de Dados.
Ele residia no Jardim Arapuã, na zona oeste de Lins.
Seu falecimento foi bastante lamentado por amigos e ex-colegas de
trabalho no Facebook e em outras redes sociais.

FONTE: CORREIO DE LINS