O engenheiro Luís Fernando de Arruda Ramos, de 47 anos, é uma das vítimas do acidente aéreo ocorrido neste domingo (28), na fazenda Seriema, a aproximadamente 25 quilometros de Coxim. Além de engenheiro, ele foi candidato a prefeito de Araçatuba (SP), em 2016.

Com o nome Luís Fernando da Lomy, a vítima disputou a prefeitura pelo PTB e obteve 38,69% dos votos, ficando em segundo lugar, pois 59,58% dos eleitores decidiram eleger o empresário Dilador Borges Damasceno, de 63 anos.

A Lomy Engenharia, dirigida por Luís Fernando, é uma das principais empresas do ramo de construção civil da região de Araçatuba. Ele também está a frente de outras empresas, como o Hotel Plaza Araçatuba. Casado, ele deixa um casal de filhos.

A outra vítima seria o piloto Fábio Pinho, conhecido como comandante Fabinho, que também era casado e deixa filhos.

Eles estavam a bordo de um Piper Seneca V de prefixo PT-WPD, que teria decolado da fazenda de Luís, em Porto Esperidião (MT). Depois de um barulho, testemunhas avistaram o avião descendo, batendo e árvores e tentando posar, sem sucesso.

Ao bater no chão, a aeronave começou a incendiar. Os corpos foram carbonizados, dificultando a identificação. O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) autorizou a remoção dos corpos, que será levado ao IML (Instituto Médico Legal) de Coxim.

Uma equipe do Cenipa deve chegar ao local do acidente por volta das 12 horas desta segunda-feira (29). O local foi isolado pelo Corpo de Bombeiros, sendo que uma equipe da Polícia Civil também já deu início a investigação.

Fonte e foto: Folha da Noroeste