A passagem de Guilherme Alves pelo comando técnico do Linense acabou nesta segunda-feira, quando o treinador e a diretoria chegaram a um acordo sobre seu desligamento. Em quatro rodadas no Paulistão, o Elefante venceu apenas uma partida e perdeu as outras três.
– Quero agradecer a todos funcionários, dirigentes, jogadores e torcedores que me receberam tão bem durante o período em que estive no comando do Linense. Entendi, porém, que era o momento de deixar o clube. Os jogadores se dedicaram ao máximo, treinaram muito e tentaram de tudo, mas os resultados não vieram da maneira que eu esperava. Além disso, não conseguimos também trazer alguns atletas que precisávamos e cheguei a conclusão que seria melhor que outro profissional chegasse e tentasse melhorar a campanha do clube – disse Alves em nota.

Na abertura da competição, o Linense sofreu 6 a 2 do Santos. Em seguida, o time conquistou sua única vitória, 2 a 0 sobre o Audax. Na sequência, derrotas para Mirassol, por 3 a 1, e neste domingo para o Palmeiras, por 4 a 0. O time marcou cinco gols e sofreu 13, a pior defesa da competição.

Com apenas três pontos somados, o Linense é o terceiro colocado do Grupo B, à frente apenas do RB Brasil, que tem dois pontos. O clube é o 14º na classificação geral, uma posição acima da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Elefante da Noroeste recebe a Ponte Preta. O jogo acontece na quarta-feira, às 19h30, no estádio Gilbertão.

Fonte: Globo Esporte