Em noite de discussões na noite desta segunda-feira, na Câmara Municipal de Lins, por diversos motivos (em alguns momentos, na falta deles), uma pauta extremamente valiosa chamou a atenção: a falta de apoio às ONGs em prol dos animais de Lins.

De iniciativa da vereadora Fátima Domingues, que criou projeto de lei de forma a auxiliar os apoiadores de animais da cidade, endossada pelo Vereador Marcelo Moreira, que citou este veículo de comunicação (OLATV CANAL 10/OCULTURAL) convidando a auxiliar a causa e sendo prontamente atendido, finalmente aqueles que brigam pela causa animal começarão a ser vistos pela Câmara Municipal, após anos de “embarrigamento”.

Acompanhando a Sessão à distancia, o proprietário da conhecida empresa de entretenimento que utiliza personagens em seus caminhões para levar a população em viagens divertidas pela cidade, entrou em contato com o vereador para anunciar que doará o montante de mil reais para a ONG Refúgio Pet.

Caso haja prosseguimento por parte dos vereadores à causa animal, o legislativo quebrará um hiato de anos de omissão ou pouco auxílio a protetores de animais na cidade. Atualmente a Prefeitura arca com o aluguel do terreno da ONG, castrações e outras contas de menor valor do local, mas não chega nem perto de tocar no piso do que a entidade e protetores independentes precisam, principalmente por causa de parte da população que abandona animais idosos, doentes ou se arrependem após adoção, aumentando a demanda.

Acima de tudo, valeu observar a união entre situação e oposição, conversando e debatendo de maneira civilizada e chegando a um consenso em prol da população e dos animais.

Em tempo: a gritaria promovida anteriormente a este projeto, nos microfones, infelizmente na presença dos adolescentes da ONG Olaria, deixou este jornalista que vos fala com dor de cabeça até o presente momento.

Fonte e foto: OLATV